Pular para Conteúdo Principal
Lions Clubs International Foundation Lions Clubs International Foundation
Pular para rodapé

Depoimentos sobre o sarampo

Depoimentos sobre o sarampo

section

"Eu já vi uma criança com sarampo e não quero isso para o meu filho. A vacinação é muito importante."
Pascaline Rasoanjanahary, que ficou sabendo da campanha de vacinação em seu país, Madagascar, por meio de anúncios no rádio promovidas pelo Lions. Ela trouxe seu filho Patrick, de nove meses, para receber a vacina.

Leão aplicando uma vacina contra o sarampo no Nepal"Eu visitei o hospital de uma missão onde havia uma ala lotada de crianças que tinham contraído sarampo porque não foram vacinadas. Os médicos pouco podiam fazer para ajudá-las, pois não existe uma forma específica de curar o sarampo depois que a doença é contraída", ele explicou. "A taxa de mortalidade era muito alta apesar dos esforços dos médicos. A única maneira de eliminar o problema era eliminar a fonte de transmissão do vírus. Mas isso exige uma ampla cobertura de vacinação, não apenas de crianças que estejam em condições de risco, mas também de crianças que tenham nascido após a campanha de vacinação do ano em questão e que serão consideradas em condições de risco algumas semanas após o nascimento."
- Bob Davis, que atualmente é representante da Cruz Vermelha em campanhas contra o sarampo, só compreendeu realmente os riscos da doença quando viajou para a África em 1979.

"Graças ao programa de defesa da causa promovido pelo Lions, conseguimos mobilizar desde moradores locais até o mais escalão do governo."
- Ex-governador de distrito Tebebe Berhan da Etiópia

"A campanha precisa ocorrer no nível das comunidades. Precisamos alcançar os lugares mais remotos do país para conscientizar e mobilizar a população das pequenas vilas a fazerem parte do programa."
- Ex-diretor internacional H.O.B. Lawal da Nigéria

"O papel do Lions é aumentar a conscientização e fazer com que o maior número possível de pais traga seus filhos para receberem a vacina. Isso é extremamente importante."
- Leão Jose Bronfman de Madagascar

"A Gates Foundation tem muito orgulho de ter participado dos primeiros projetos do Lions no combate ao sarampo e está ansiosa para dar continuidade a essa parceria. … Se você quer andar rápido, vá sozinho. … Se você quiser chegar longe, vá acompanhado. Com a liderança do Lions, poderemos chegar juntos até onde desejarmos."
- William H. Gates, Sr., um dos presidentes da Bill & Melinda Gates FoundationDuas Companheiras Leão promovem a campanha contra o sarampo

"A Iniciativa Contra o Sarampo é muito importante para a LCIF. Podemos fazer muito mais com a ajuda de parceiros do mundo todo, aliando nosso conhecimento e nossas experiências para promovermos um impacto ainda maior. No momento, estamos unindo forças com outros órgãos que reconhecem o sarampo como uma grande causa de perda de visão e de mortalidade. Este subsídio da Gates Foundation é um incentivo para fazermos ainda mais."
- Sid L. Scruggs III, presidente da LCIF

"Quando o sarampo for erradicado e virar história — quando pudermos parafrasear Thomas Jefferson e dizer que 'o mundo saberá apenas pelos livros que tal doença existiu' — haverá relatos de uma iniciativa global para aprimorar continuamente a qualidade dos programas de vacinação… As pessoas ficarão impressionadas com a rapidez com a qual o programa evoluiu. Mas ficarão ainda mais impressionadas com a rapidez com que o vírus do sarampo foi eliminado."
- Dr. William Foege, um especialista em saúde pública global que trabalhou nas áreas rurais da Nigéria na década de 1960 e se lembra da época em que o sarampo era "o agente mais letal do mundo".

"Este é um trabalho muito necessário. Serviços sociais e de saúde são áreas negligenciadas no meu país e ficamos felizes em ter sua ajuda."
- Ram Baran Yadav, presidente do Nepal, onde Uma Vacina, Uma Vida: a Iniciativa contra o Sarampo do Lions foi iniciada em fevereiro de 2012

"O Lions fornece apoio operacional. O governo não consegue fazer isso sozinho. Estamos caminhando para a erradicação do sarampo até 2016. Todos os trabalhadores do país foram instruídos a trabalharem em estreita colaboração com os Leões. Peço ao Lions que se envolva em todas as campanhas de vacinação."
- Dr. Shyam Raj Upreti da Divisão de Saúde Infantil do Ministério da Saúde do Nepal

"Obrigado por seus esforços de longa data na prevenção da cegueira. O sarampo e a rubéola também têm um papel na cegueira. A OMS continuará a ser uma parceira nesta iniciativa. Obrigado por suas generosas contribuições para tornar isso possível."
- Dr. W. William Schluter da Organização Mundial da Saúde, Programa para Imunização de Doenças Evitáveis, escritório do Nepal

section

Pular para o Topo