Pular para Conteúdo Principal
Lions Clubs International Foundation Lions Clubs International Foundation
Pular para rodapé

Educação e reabilitação

Educação e reabilitação

section

O problema

Educação
Quase 6 milhões de crianças em idade pré-escolar ou escolar são cegas ou têm visão subnormal. Oitenta por cento dessas crianças vivem em países em desenvolvimento onde menos de uma criança em cada 10 tem acesso atualmente à educação. Dentre as causas dessa desigualdade estão a grave falta de professores qualificados e materiais apropriados, falta de identificação precoce, falta de acesso a médicos e tratamentos, falta de conhecimento dos pais e da comunidade sobre o direito de todos à educação e políticas públicas e defesa da causa política limitados.

Reabilitação e treinamento
Das cerca de 160 milhões de pessoas que são cegas ou têm visão subnormal, apenas 10% têm acesso a serviços de reabilitação, que incluem uma grande variedade de tratamentos clínicos e treinamento sobre cuidados não clínicos, para fornecer às pessoas cegas ou com visão subnormal a capacidade e os recursos necessários para uma vida segura, ativa e independente. A taxa de desemprego desse grupo populacional varia de 75% a 90%; a probabilidade de pessoas com deficiência visual ficarem desempregadas é cinco vezes maior que a da população em geral. Essa alta taxa de desemprego é o resultado de fatores como conceitos equivocados dos empregadores e, nos países em desenvolvimento, deficiência profunda de treinamento e recursos tecnológicos. Excluídas do mercado de trabalho e sem poderem ter uma vida produtiva, as pessoas com deficiência visual ficam desmotivadas e acabam sofrendo um isolamento social e econômico.

Impacto global

A falta de acesso a educação, reabilitação e treinamento de pessoas cegas e deficientes visuais nega a milhões de pessoas a chance de interagirem entre si, participarem de atividades produtivas e se sentirem valorizadas pela sociedade. Se tiverem os recursos e o apoio necessários para terem acesso à educação e se capacitarem, as pessoas cegas ou com visão subnormal podem ter uma vida mais longa, explorar todo o seu potencial e contribuir com a sociedade, melhorando assim sua própria vida e da comunidade. 

Soluções

Educação
A educação para crianças cegas ou com visão subnormal combina a experiência acadêmica tradicional com serviços especializados para ajudar no desenvolvimento de habilidades essenciais para a vida adulta. As crianças cegas ou com visão subnormal podem frequentar escolas com salas inclusivas ou integradas, professores qualificados e uma quantidade razoável de equipamentos e materiais, ou podem frequentar escolas e centros especializados.

As necessidades descritas a seguir devem ser supridas para que as desigualdades na educação sejam corrigidas:

  • Conscientização: em muitas comunidades, famílias, profissionais de cuidados com a saúde e educadores simplesmente não têm conhecimento de que crianças cegas ou com visão subnormal podem concluir seus estudos perfeitamente. Os programas de conscientização da comunidade podem informar as comunidades e reunir pessoas interessadas que podem ter um importante papel na inclusão de alunos com deficiências nos sistemas de ensino.
  • Treinamento de professores e materiais: a maioria das crianças cegas ou com visão subnormal pode estudar em escolas locais se os professores forem devidamente treinados. Os professores também precisam de equipamentos para preparar os materiais didáticos (como máquinas que escrevem em Braille), e os alunos precisam ter acesso aos recursos e materiais didáticos em formatos alternativos.
  • Instalações e equipamentos: alguns alunos, principalmente os que têm múltiplas deficiências, são matriculados em escolas ou centros especiais que possuem mais equipamentos e materiais e equipes multidisciplinares. Essas instalações também podem funcionar como centros de recursos para escolas integradas/inclusivas.
  • Professores especializados: professores com amplo treinamento especializado apresentam melhores resultados com crianças com deficiência visual. O treinamento inclui desde cursos de pequena duração sobre como usar corretamente os equipamento e materiais até programas completos de graduação.

Reabilitação
Os serviços de reabilitação incluem uma grande variedade de tratamentos clínicos e treinamento sobre cuidados não clínicos, para fornecer às pessoas cegas ou com visão subnormal a capacidade e os recursos necessários para uma vida segura, ativa e independente.

Embora a reabilitação não possa restaurar a visão perdida, ela pode ajudar as pessoas a maximizarem a capacidade de visão restante e também pode ajudar pessoas cegas a viajarem com segurança, cuidarem de si mesmas, atingirem suas metas profissionais e participarem de atividades educacionais e de lazer. Para que pessoas cegas ou com visão subnormal possam atingir seus objetivos, as necessidades descritas a seguir precisam ser supridas:

  • Conscientização: em várias comunidades, famílias, profissionais de cuidados com a saúde e empresários não têm conhecimento da capacidade profissional das pessoas cegas ou com visão subnormal. Programas voltados para a comunidade podem aumentar a conscientização da população sobre a capacidade profissional e empreendedora de pessoas com deficiência visual, mudar atitudes e práticas do mercado de trabalho e criar uma rede de orientadores.
  • Treinamento: Os serviços de reabilitação relacionados ao mercado de trabalho para cegos e deficientes visuais podem incluir treinamento com tecnologia de apoio para pessoas com necessidades especiais, alfabetização em braile e habilidades administrativas, assim como treinamento preparatório profissionalizante personalizado, cursos de ensino médio, orientação e oportunidades de negócios.
  • Desenvolvimento profissional: jovens em fase de transição e adultos cegos ou com visão subnormal precisam ter a acesso a oportunidades de aprendizagem para aumentarem suas chances no mercado de trabalho. Há programas oferecidos em ambientes tradicionais de sala de aula, mas os alunos também podem participar, se tiverem acesso a alguma tecnologia, de cursos à distância, seminários de e-learning na Web e coaching virtual.

O trabalho do SightFirst 

Desde o início, os esforços do SightFirst para preservar e/ou restaurar a perda de visão têm se concentrado em tratamentos cirúrgicos ou com medicamentos, desenvolvimento de infraestrutura e treinamento de recursos humanos. O maior acesso de pessoas com deficiência visual a um ensino de qualidade e a um sistema de reabilitação fará com que o alcance dos programas seja estendido para oferecer suporte a serviços que talvez estejam fora do escopo do trabalho que o SightFirst vem realizando em Prol da visão; ainda assim, essa inclusão é crucial para as nossas iniciativas de ajudar as pessoas com perda de visão e para a nossa missão de serviço humanitário.

Prioridades de financiamento

Estas são as prioridades para os projetos de educação e reabilitação:

  • Apoiar a capacitação nos sistemas escolares, por meio de áreas como treinamento de recursos humanos e infraestrutura, para melhor atender crianças cegas ou com visão subnormal.
  • Apoiar organizações que fornecem treinamento, oportunidades de orientação e subsídios ou microempréstimos para microempreendimentos de pessoas cegas ou com visão subnormal.
  • Desenvolver e/ou expandir iniciativas de conscientização da comunidade, com o objetivo de aumentar a inclusão de crianças com deficiência visual que estudam em escolas e/ou aumentar o conhecimento da população sobre a capacidade de trabalho dos adultos com deficiência visual.

Em geral, os projetos SightFirst devem se concentrar nas principais causas de cegueira em nível nacional ou regional. Esses projetos alcançam populações carentes ou que têm pouco ou nenhum acesso a serviços de atendimento oftalmológico. Este programa proporciona recursos a projetos de alta qualidade, sustentáveis, que proporcionem atendimento oftalmológico, desenvolvam infraestruturas, possibilitem o treinamento de profissionais e/ou forneçam serviços de educação e reabilitação em comunidades carentes.

section

Encontre mais informações, inclusive o formulário de solicitação de subsídio do SightFirst, questionários específicos de cada doença e documentos de políticas de planejamento a longo prazo do SightFirst. 

Para saber mais sobre as estatísticas apresentadas nesta página, visite:
Pular para o Topo