Pular para Conteúdo Principal
Lions Clubs International Foundation Lions Clubs International Foundation
Pular para rodapé

Erro de refração não corrigido

Erro de refração não corrigido

section

O problema

Os erros de refração ocorrem quando os olhos não conseguem focar as imagens corretamente na retina, resultando em visão embaçada. Esses erros são causados por miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia. Quando os erros de refração não são corrigidos ou quando são corrigidos de forma inadequada, eles podem causar deficiência visual severa e até mesmo cegueira. Os erros de refração podem ser ignorados devido a uma série de fatores, como falta de conhecimento ou consciência pela pessoa afetada ou família, pouca disponibilidade ou preços elevados de serviços de atendimento oftalmológico e óculos para erros de refração e crenças culturais contrárias ao uso de óculos.

Impacto global

Os erros de refração não corrigidos são responsáveis por 43% das deficiências visuais em todo o mundo, levando 5 milhões de pessoas à cegueira. Metade dos casos de erro de refração não são detectados ou tratados. Essa falta de tratamento faz dos erros de refração não corrigidos (URE) a principal causa de cegueira em crianças e adolescentes. Por causa dos erros de refração não corrigidos, os mais de 12 milhões de crianças com deficiência visual entre 5 e 15 anos de idade também sofrem sérias dificuldades de desenvolvimento, uma vez que os processos de aprendizagem estão em grande parte associados à visão.

Tratamento

Os erros de refração podem ser facilmente corrigidos com o uso de óculos ou com outras intervenções refrativas. O tratamento é econômico, possui grande impacto na qualidade de vida das pessoas e pode impedir que o problema evolua para deficiências visuais severas ou cegueira.

O trabalho do SightFirst

Com fundos arrecadados durante a Campanha SightFirst II, os erros de refração não corrigidos se tornaram uma nova área para o desenvolvimento de programas financiados pela Fundação. A LCIF e o SightFirst estão trabalhando para eliminar os erros de refração não corrigidos ao redor do mundo.

Prioridades de financiamento

O SightFirst apoiará iniciativas focadas na capacitação e no desenvolvimento de sistemas de fabricação e distribuição de óculos novos e terá como alvo crianças carentes em idade escolar. Estas são as prioridades para os projetos relacionados a erros de refração não corrigidos:

  • Promover iniciativas focadas na capacitação e no desenvolvimento de sistemas de fabricação e distribuição de óculos novos, em oposição ao sistema de fornecimento de óculos individualmente.
  • Ter como público-alvo crianças carentes em idade escolar e outras populações carentes.
  • Adotar uma estratégia flexível que se adapte a cada ambiente.
  • Apoiar o desenvolvimento de sistemas abrangentes e sustentáveis de cuidados com a visão.
  • Usar e/ou coletar de dados para identificar e avaliar projetos.
  • Fornecer serviços oftalmológicos de alta qualidade.
  • Mobilizar o apoio dos Leões.
  • Os projetos devem conter os seguintes elementos:
    • Serviços de detecção precoce e encaminhamento voltados para os membros da comunidade
    • Diagnóstico e entrega de óculos em centros de atendimento oftalmológico
    • Acompanhamento e conformidade com as normas locais

Em geral, os projetos SightFirst devem se concentrar nas principais causas de cegueira em nível nacional ou regional. Esses projetos alcançam populações carentes ou que têm pouco ou nenhum acesso a serviços de atendimento oftalmológico. O programa financia projetos sustentáveis e de qualidade, que ofereçam serviços oftalmológicos, desenvolvam a infraestrutura, treinem profissionais e/ou ofereçam reabilitação e educação em comunidades carentes.

section

Encontre mais informações, inclusive o Formulário de solicitação de subsídio do SightFirst, questionários específicos de cada doença e documentos de políticas de planejamento a longo prazo do SightFirst.

Para saber mais sobre as estatísticas relacionadas a erros refracionais apresentadas nesta página, visite: Organização Mundial da Saúde: Deficiência visual e cegueira
Pular para o Topo